Turismo

Passeios

História

Cultura

Capoeira

Religião

Culinária

Música

Investir

Home

Sair

 

 

ILÊ AIYÊ

Pérola Negra, Deusa do Ebano, Ilê Aiyê. São só algumas palavras que identificam o Ilê Aiyê, sem dúvida o grupo "Afro" mais tradicional, mais puro - principalmente no que diz respeito à raça já que o bloco carnavalesco só permite a adesão de negros - e mais bonito da cidade e do Brasil.

Capa de disco

O Ilê Aiyê foi formado em 1974 no bairro da Liberdade, o bairro mais populoso de Salvador ( mais de 600 mil habitantes ) e de grande maioria negra. O "bloco" ( é assim que é chamado pelos Baianos, um grupo ou conjunto de pessoas que sai nas ruas durante o carnaval ) foi fundado com o objetivo de participar do carnaval baiano e oferecer ao negro uma oportunidade de desfilar nesta festa mais popular do pais, já que muitos blocos "brancos" discriminavam os negros. Ao mesmo tempo, o Ilê Aiyê revolucionou o carnaval baiano com seu movimento musical que traz novos ritmos oriundos da tradição africana para o carnaval. O espetáculo rítmico, musical e plástico que o bloco mostra no Carnaval arranca aplausos da população e o transformou numa das atrações mais bonitas e assistidas da festa.

Mas o Ilê Aiyê não é só carnaval. Ele foi um dos primeiros blocos a manter uma associação cultural para preservação das tradições culturais africanas na Bahia. A música também mantém-se tradicional, calçada no batuque dos tambores e na potência das vozes. Ao longo de seus mais de 25 anos, o bloco vem homenageando países africanos e revoltas negras brasileiras, que contribuíram fortemente para o processo de identidade étnica e auto-estima do negro. Hoje, o Ilê Aiyê tem vários discos gravados e faz freqüentemente apresentações no exterior. Do outro lado, o projeto cultural mantém escolas para crianças carentes em Salvador.

A "missão" do Ilê Aiyê, segundo seus próprios dirigentes é : "Difundir a cultura negra na sociedade, visando agregar todos os afro-brasileiros na luta contra as mais diversas formas de discriminação racial, desenvolvendo projetos carnavalescos, culturais e educacionais, resgatando a auto-estima e elevando o nível de consciência crítica."

Para mais informações, acesse o próprio site do grupo "http://www.ileaiye.org.br".