Turismo

Passeios

História

Cultura

Capoeira

Religião

Culinária

Música

Investir

Home

Sair

 

 

OS ORIXÁS :

Oxalá :

Oxalá é o filho do deus supremo, Olorum. Ele controla as funções da reprodução e da procriação e come cabra, pombo branco e milho branco. Ele se veste de branco e é conhecido sob dois aspectos : Oxalufã, um velho que anda curvado apoiando-se em um bastão chamado de paxorô, ou Oxaguiã, um jovem guerreiro armado de um pilão, de uma espada de metal prateado e de um escudo.

Nanã Burucu :

Nanã Burucu é considerada a mãe de todos os orixás, suas cores são o azul claro e o branco, ela come carneiro, galinha, pipoca e abará e seu dia de festa é 26 de julho.

Omolu :

Omolu é o deus da bexiga e, por extensão, de todas as moléstias, portanto, ele é o "médico" dos negros. Ele traz sempre um capuz de palha que cai até os ombros escondendo o rosto. Suas cores são o vermelho e o preto. Ele come bode, porco, galo e pipoca, e tem 16 de agosto como dia de festa.

 

Êxu :

Êxu, filho de Oxalá e Nanã Burucu, é o mensageiro dos Orixás, o dono das encruzilhadas e, por extensão, de todos os lugares esconsos e perigosos. Ele recebe suas oferendas, no candomblé, antes dos outros Orixás para que tome conta da festa e no deixe acontecer nada de ruim nem com a festa, nem com as pessoas que dela participam. Ele tem uma personalidade dupla. De um lado ele é o guardião dos terreiros, das casas, da cidade e das pessoas do culto. Por outro lado lhe atribuem um gênio irascível, amigo de discussões e brigas. Êxu gosta de provocar acidentes e calamidades. Dizem que nesta missão, Êxu é o chicote da justiça, castigando as más pessoas, os falsos e os hipócritas. Às vezes ele faz mal aos outros em troca de alguma oferenda. Seu dia é Segunda feira, suas cores são o vermelho e o preto. Ele come galo, bode, boi, farofa de azeite de dendê e feijão preto, bebe cachaça e fuma charuto. Todos estes ingredientes são entregues a ele como oferenda, colocada nas encruzilhadas.

Xangô :

Xangô representa a tempestade, os raios, o trovão e as descargas elétricas. Seu dia de festa é 30 de setembro. Ele mora na pedra do raio, suas cores são o branco e o vermelho, sua insígnia é um machado com asas e suas comidas preferidas são carneiro, galo, cágado e caruru.

 

Oxossi :

Oxossi é a divindade da caça, mora no mato, traz como principais instrumentos arco e flecha, suas cores são o verde, o azul e o vermelho vivos, suas comidas preferidas são porco, bode, boi, galo e galinha da Angola.

 

Ogum :

Ogum é filho de Yemanjá e Oxalufã. Ele é o Orixá do ferro, é quem forja o Obé, faca usada para cortar os animais sacrificados para os Orixás. Uma lenda conta que Ogum era um guerreiro terrível que realizava expedições a outros reinos de onde voltava com grandes presas de guerra. Portanto, ele é o Orixá dos guerreiros, dos ferreiros e de todos os que utilizam objetos de ferro, tanto para a guerra como para o campo ou a cidade. Ogum come bode, galo, azeite de dendê, feijão preto e pipoca, geralmente na beira das estradas. Sua cor é azul profundo.

Oxumaré :

Oxumaré é o arco-íris e o criado de Xangô. Ele tem a forma de serpente, veste-se de branco, traz um tridente na mão, come carneiro, bode, cágado e abará e seu dia de festa é 24 de agosto.

Yemanjá :

Yemanjá é a mãe das águas salgadas e suas cores são o azul e o vermelho. Ela usa uma espada, come pato, cabra, galinha e seu dia de festa é 8 de dezembro.

 

Iansã :

Iansã é a deusa das águas doces, das tempestades, chuvas e trovoadas e é mulher de Xangô. Suas cores são o vermelho e o branco, ela usa uma espada de cobre na mão, come cabra, galinha, acarajé e abará, seu dia de festa é 4 de dezembro.

 

Oxum :

Oxum é a deusa das fontes, cachoeiras e dos regatos e sua cor é amarelo ouro. Ela traz um abébé de latão, come cabra, bode e chupa cana e tem seu dia de festa em 2 de fevereiro.