Turismo

Passeios

História

Cultura

Capoeira

Religião

Culinária

Música

Investir

Home

Sair

 

 

O ESTADO DA BAHIA

Bahia é um dos estados mais turísticos do Brasil que, se tratando de beleza natural, história e atrações turísticas, não deve nada a estados mais famosos e visitados como Rio de Janeiro ou São Paulo. O estado faz parte da região Nordeste e tem, por isso, um clima subtropical e muito agradável onde nunca faz nem frio nem calor demais. O verão é oficialmente de 21 de dezembro a 21 de março, com temperaturas entre 25 e 35 graus, mas se estende além deste período se for levar em conta o clima quente e ensolarado. O inverno aqui é caracterizado por chuvas mas freqüentes e abundantes, principalmente nos meses de maio, junho e julho, e temperaturas um pouco mais baixas, normalmente entre 20 e 30 graus, e vai de 21 de junho a 21 de setembro.

Em termos de turismo, a Bahia pode ser dividida em várias regiões particularmente atrativas e interessantes :

Salvador e toda a região Metropolitana

Vide as páginas sobre esta capital maravilhosa da Bahia.

Pelourinho
Farol da Barra

Recôncavo

Assim é chamada a região ao redor da Baía de Todos os Santos onde historicamente se concentrava grande parte da atividade econômica do estado. Por isso, o Recôncavo oferece hoje ao turista várias cidades históricas que ainda lembram esse passado glorioso. Uma delas é Cachoeira, a cidade baiana que reúne o mais importante acervo arquitetônico no estilo barroco, e a sua cidade irmão São Félix, ambas somente separadas pelo rio Paraguaçu e ligadas através de uma ponte. De Cachoeira tem-se uma vista bonita na barragem Pedra do Cavalo, rio acima, atras da qual se esconde um grande lago onde é possível praticar vários esportes aquáticos como "windsurf", "jetski" ou passear de barco ou escuna. Outras cidades interessantes são Santo Amaro, onde nasceu Caetano Veloso, Nazaré e Maragogipe. Clique aqui para ver detalhes sobre o passeio inesquecível nesta esta região!

Cachoeira
Baía de Todos os Santos

Costa dos Coqueiros

É a faixa litorânea ao norte de Salvador, acessível através da chamada Estrada de Côco, e que constitui uma interminável seqüência de campos de coqueiros banhados por belíssimas praias. As primeiras praias encontradas são bastante visitadas pelos Soterapolitanos - assim são chamados os moradores de Salvador - principalmente nos fins de semana e feriados. As mais famosas praias são : Buraquinho, Jauá, Arembepe, Guarajuba e Barra de Jacuípe. Arembepe tem como atrações adicionais uma área de proteção às tartarugas marinhas e uma aldeia hippie, que já foi visitada por Janis Joplin e Mick Jagger nos bons velhos tempos! Não perca uma visita à Praia do Forte, também chamada de "Polinésia brasileira", que oferece paisagens paradisíacas, um farol e outra unidade do projeto Tamar em proteção às tartarugas, além de uma infra-estrutura turística para todos os gostos e bolsos. A partir daí começa a famosa Linha Verde, uma confortável estrada asfaltada que vai até a fronteira do estado dividida com Sergipe. Aí têm muitas praias naturais e quase desertas e opções a vontade para passar férias "paradisíacas", algumas delas são Imbassaí, Massarandupió, esta com praia para nudismo, Subaúma e Mangue Seco, que ficou famosa através do livro "Tieta do agreste" de Jorge Amado e oferece extensas paisagens de dunas.

Clique aqui para ver detalhes sobre o passeio inesquecível nesta esta região!

Praia do Forte
Mangue Seco

Costa do Dendê

Esteé o nome da faixa litorânea ao sul de Salvador, que ganhou seu nome por causa das plantações de palmeiras utilizadas para fazer o famoso azeite de dendê e onde você encontra muitas praias bonitas e famosas. A maior atração desta costa é sem dúvida o vilarejo Morro de São Paulo, com várias praias e infra-estrutura turística muito boa, na ilha Tinharé que pode ser visitada por barco a partir da cidade de Valença. Menos explorada e mais tranqüila é a ilha Boipeba, ao sul do Morro, um lugar ótimo para quem prefere a simplicidade e a beleza natural. Para os aventureiros e os ecologistas têm ainda as praias na baía de Camamu, a terceira maior do Brasil, e na península de Maraú.

Valença
Morro de São Paulo

Costa do Cacau

Mais ao sul encontramos a Costa do Cacau, centralizada em Ilhéus, cidade do escritor Jorge Amado, terra produtora de cacau mas também um pólo turístico de primeira com grande variedade de praias, cachoeiras e lagoas. As cidades mas conhecidas são Itacaré, Ilhéus, Olivença, Tororomba, Una e Canavieiras. A região preserva verdadeiros santuários ecológicos tropicais com muitas praias, algumas quase desertas, coqueirais e uma grande variedade de vegetação que vai desde a Mata Atlântica nativa a manguezais e belíssimas fazendas de cacau. Destacamos ainda o projeto de preservação do Mico-Leão de Cara Dourada, uma espécie de primata quase extinta, e a Ilha de Comandatuba, uma área de proteção ambiental também conhecida pelo hotel de cinco estrelas ali implantado.

Ilhéus
Serra Grande

Costa do Descobrimento

Descendo mais ainda, chegamos na Costa do Descobrimento onde também chegaram os primeiros colonizadores do Brasil. O lugar oficial deste descobrimento é Porto Seguro, centro desta região maravilhosa e hoje talvez o lugar mais turístico de toda a Bahia. Esta belíssima costa oferece em torno de 150 km de praias além de enseadas, baías, falésias, inúmeros rios e riachos contornados por coqueirais, manguezais e Mata Atlântica. As cidades mais famosas são Belmonte, Santa Cruz Cabrália, Porto Seguro, Arraial D'Ajuda, Trancoso, Caraíva, Monte Pascoal, Corumbaú, Cumuruxatiba e Prado.

Costa das Baleias

Finalmente, no chamado "extremo sul" do estado, temos a Costa das Baleias que abrange Abrolhos, Alcobaça, Caravelas, Nova Viçosa e Mucuri. É uma região com muitas praias desertas e paradisíacas onde uma das maiores atrações é o Arquipélago de Abrolhos, o único Parque Nacional Marinho do País, onde as baleias Jubarte vêm todos os anos praticar seus rituais de reprodução. É o paraíso para mergulhadores que podem explorar navios naufragados e cavernas submarinas em mergulhos orientados ou vislumbrar os abundantes recifes de corais raros.

Chapada Diamantina

É a região que mais cresce em termos de turismo nos últimos anos e que atrai principalmente os amantes da natureza e do turismo ecológico. É uma região serrânea de natureza exuberante, com morros de formas espetaculares esculpidas pela erosão - lembram um pouco o Grand Canyon nos EUA - cachoeiras, grutas, lagoas subterrâneas, muito mata virgem, enfim o lugar ideal para fazer inesquecíveis caminhadas. Aqui, a natureza ainda é muito respeitada e pode ser apreciada no Parque Nacional da Chapada Diamantina e nas Áreas de Proteção Ambiental Marimbus-Iraquara e Serra do Barbado. As cidades mais atraentes são Lençóis, Andaraí, Mucugê, Rio de Contas, Palmeiras, Iraquara, Piatã, Morro do Chapéu, Ituaçu, Seabra, Itaité

Chapada Diamantina
Lençóis

Sertão

A região mais típica e mais intensamente relacionada à cultura do povo do Nordeste é o Sertão, que na Bahia é encontrado no Noroeste. O Sertão é uma imensa área semi-árida castigada pelo sol intenso e pelas conseqüentes secas impiedosas, onde a vegetação dominante é a "caatinga", com árvores rasos, arbustos e cactos. As cidades mais típicos e interessantes são Cipó, Caldas do Jorro, Euclides da Cunha, Monte Santo, Uauá, Canudos e Raso da Catarina. Em Monte Santo, situada em local sagrado ao pé do monte, não deixe de subir até o topo pelo caminho de peregrinação e desfrutar a maravilhosa vista panorâmica. Canudos foi o palco principal dos combates sangrentos da Guerra de Canudos e hoje, nas épocas de seca, é possível visitar as ruínas da antiga Canudos, cidade completamente destruída pelo exército do governo nesta guerra contra o movimento popular chefiado por Antônio Conselheiro, no açude de Cocorobó. As cidades como Cipó e Caldas do Jorro, são estâncias hidrominerais que mais parecem um oásis na paisagem seca do Sertão.

Canudos "antiga"
paisagem seca do Sertão